(11)

(11)

Medicina do Trabalho

Gostou? compartilhe!


A Medicina do Trabalho é a particularidade médica que lida com as relações entre trabalhadores e seu emprego, visando não apenas à precaução dos acidentes e das doenças do emprego, mas à promoção da saúde e da qualidade de vida. Tem por alvo assegurar ou auxiliar aos indivíduos e ao coletivo de trabalhadores a melhoria contínua das condições de saúde, nas dimensões física e mental, e a interação saudável entre as pessoas e, estas, com seu ambiente civil e o trabalho.

Nossos serviços no setor de Medicina do Trabalho, oferece serviços com elevado padrão de qualidade, para:

  • Implantação, acompanhamento do PCMSO;
  • Programas de Saúde;
  • Exames Ocupacionais;
  • Exames Complementares como audiometria, acuidade visual e outros;
  • Emissão de Laudos;
  • PCA (Programa de Conservação Auditiva.
  • Acompanhamento do Absenteísmo;
  • Perícias médicas;

Todas as empresas devem acompanhar as Normas Regulamentadoras - NR, relativas à garantia e medicina do trabalho, são de observância obrigatória pelas empresas privadas e públicas e pelos órgãos públicos da gestão direta e indireta, bem conforme pelos órgãos dos Poderes Legislativo e Judiciário, que possuam empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho - CLT.

O não cumprimento das disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho acarretará ao empregador a aplicação das penalidades previstas na legislação pertinente.

Constitui ato faltoso a recusa injustificada do funcionário ao cumprimento de suas obrigações com a segurança do trabalho.

Conheças Normas Regulamentadoras vigentes abaixo:

NRR 1 - Disposições Gerais (Revogada pela Portaria MTE 191/2008)

NRR 2 - Serviço Especializado em Prevenção de Acidentes do Trabalho Rural (Revogada pela Portaria MTE 191/2008)

NRR 3 - Comissão Interna De Prevenção De Acidentes Do Trabalho Rural (Revogada pela Portaria MTE 191/2008)

NRR 4 - Equipamento De Proteção Individual - EPI(Revogada pela Portaria MTE 191/2008)

NRR 5 - Produtos Químicos (Revogada pela Portaria MTE 191/2008)

NR 01 - Disposições Gerais

NR 02 - Inspeção Prévia

NR 03 - Embargo ou Interdição

NR 04 - Serviços Especializados em Eng. de Segurança e em Medicina do Trabalho

NR 05 - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

NR 06 - Equipamentos de Proteção Individual - EPI

NR 07 - Programas de Controle Médico de Saúde Ocupacional

NR 08 - Edificações

NR 09 - Programas de Prevenção de Riscos Ambientais

NR 10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade

NR 11 - Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais

NR 12 - Máquinas e Equipamentos

NR 13 - Caldeiras e Vasos de Pressão

NR 14 - Fornos

NR 15 - Atividades e Operações Insalubres

NR 16 - Atividades e Operações Perigosas

NR 17 - Ergonomia

NR 18 - Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção

NR 19 - Explosivos

NR 20 - Líquidos Combustíveis e Inflamáveis

NR 21 - Trabalho a Céu Aberto

NR 22 - Segurança e Saúde Ocupacional na Mineração

NR 23 - Proteção Contra Incêndios

NR 24 - Condições Sanitárias e de Conforto nos Locais de Trabalho

NR 25 - Resíduos Industriais

NR 26 - Sinalização de Segurança

NR 27 - Registro Profissional do Técnico de Segurança do Trabalho no MTB (Revogada pela Portaria GM n.º 262/2008)

NR 28 - Fiscalização e Penalidades

NR 29 - Segurança e Saúde no Trabalho Portuário

NR 30 - Segurança e Saúde no Trabalho Aquaviário

NR 31 - Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária Silvicultura, Exploração Florestal e Aquicultura

NR 32 - Segurança e Saúde no Trabalho em Estabelecimentos de Saúde

NR 33 - Segurança e Saúde no Trabalho em Espaços Confinados

NR 34 - Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção e Reparação Naval

NR 35 - Trabalho em Altura

NR 36 - Segurança e Saúde no Trabalho em Empresas de Abate e Processamento de Carnes e Derivados

Entre as principais funções da medicina ocupacional, estão a conservação de salubridade e da higiene do local de trabalho, através de fiscalização e acompanhamento da circunstância física e mental dos funcionários de uma companhia. Quem avalia, atende e cuida dos detalhes da saúde ocupacional são profissionais como médicos, enfermeiros e auxiliares ou técnicos em enfermagem.

Existe, ainda, um importante programa que está em vigor desde 1994: o PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), que prevê o atenção da vida do empregado e torna indispensável, para as empresas, fazer exames antes de acolher um empregado. Também avalia periodicamente o funcionário já contratado, a fim de acompanhar a saúde desse para combater as doenças ocupacionais.

Esse tipo de enfermidade pode se expor mesmo com todos os cuidados conferidos ao empregado. Elas são causadas depois de muito tempo e podem prejudicar os sentidos, como a visão e audição, provocar lesões ou mesmo levar a distúrbios de natureza mental (depressão e estresse).

O que é Medicina Ocupacional ou do Trabalho?

Medicina ocupacional ou medicina do trabalho é um ramo da saúde que se preocupa em conservar a vida e a dignidade do empregado. É um direito reservado por lei que visa proporcionar segurança do trabalho para todo trabalhador.

O profissional da medicina do trabalho

Quem deseja trabalhar com medicina do trabalho precisa de um certificado de residência médica que comprove a atuação na área, com reconhecimento pela Comissão Nacional da Residência Médica do Ministério da Educação. Os campos de atuação são os mais amplos possíveis, extrapolando até mesmo a tradicional prática médica:

Em empresas, como empregado nos Serviços Especializados de Engenharia de Segurança e de Medicina do Trabalho (SESMT), como prestador de serviços técnicos, elaboração do PCMSO; ou de consultoria na normalização e fiscalização das condições de saúde e segurança no trabalho desenvolvida pelo Ministério do Trabalho;

Na Perícia Médica da Previdência Social, enquanto seguradora do Acidente do Trabalho (SAT);

No Sistema Judiciário, como perito judicial em processos trabalhistas, ações cíveis e ações da Promotoria Pública;

Na rede pública de serviços de saúde, desenvolvendo as ações de saúde do trabalhador;

Na assessoria sindical em saúde do trabalhador, responsável pelas organizações de trabalhadores e de empregadores;

Nas universidades, seja como docente (na formação e capacitação profissional) ou nas pesquisas na área de Saúde e Trabalho

Na consultoria privada no campo da Saúde e Segurança no Trabalho

Medicina Ocupacional no Brasil

No Brasil, a saúde ocupacional começou a ganhar atenção na década de 1970 enquanto o país estava se industrializando. Nessa era de passagem, a indústria atuava sem muitas regras esclarecidas e os operários eram expostos a muitas situações risco, de tal maneira que o quantidade de acidente de trabalho que acontecia, nessa época, era um dos maiores do mundo.

Os sindicatos foram muito importantes para consolidar os direitos do empregado no Brasil, assim como lutaram pelo benefício das condições de saúde trabalhistas na indústria. Depois da Constituição de 1988, as possibilidades melhoraram, o governo passou a ceder os Serviços de Saúde do empregado, que tinham como objetivo zelar as condições oferecidas aos trabalhadores em todo o país.

Hoje, as empresas buscam deixar bem claro o respeito aos Direitos do empregado e o valor à saúde dele. Trata-se de uma estratégia humanitária que visa gerar com honestidade e respeito, conquistando, assim, a confiança de quem consome os produtos e serviços da empresa em questão.

faz parte de sua causa de ser a tarefa de cuidar da “adaptação física e mental dos trabalhadores”, supostamente contribuindo na acomodação destes em lugares ou tarefas correspondentes às aptidões. A “adequação do emprego ao trabalhador”, limitada à assistência médica, restringe-se à seleção de candidatos a ocupação e à tentativa de adaptar os trabalhadores às suas condições de serviço, através de atividades educativas;

atribui-se à medicina do trabalho a tarefa de “contribuir ao estabelecimento e conservação do nível mais alto possível do bem-estar físico e mental dos trabalhadores”, conferindo-lhe um caráter de onipotência, próprio da concepção positivista da prática médica.A simplicidade é a máxima sofisticação.

Procurando por medicina do trabalho com uma equipe especializada para atuar na sua empresa? Entre em contato com a BFA Medicina e Segurança no Trabalho!

A BFA Medicina e Segurança no Trabalho se empenha para oferecer os melhores serviços do ramo, não perca tempo, confira!

Conheça mais sobre a BFA:

Medicina e Segurança do Trabalho

Para saber mais sobre Medicina do Trabalho

Ligue para ou para ou faça uma cotação


Produtos relacionados


Regiões de Atendimento


  • Verifique as regiões que atendemos
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belenzinho
  • Belém
  • Cidade Líder
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guaianases
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Mooca
  • Parque São Jorge
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Parque do Carmo
  • Penha
  • Penha de França
  • Piqueri
  • Ponte Rasa
  • Sapopemba
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Dalila
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • Vila Ré
  • Água Rasa
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Diadema
  • Santo André
  • São Bernardo do Campo
  • São Caetano do Sul

Faça sua cotação

Informações Pessoais

Informações de contato ou cotação